Follow my blog with Bloglovin

12 outubro 2015

Especial Dia das Crianças

Olá amores!!   
Hoje é Dia das crianças e eu sinto muita falta do meu tempo de criança, pois era a melhor época, nada de preocupação, era estudar e brincar muito. Eu sempre fui aquela criança que brincava de tudo e na rua, que podia ser brincadeiras de meninos se eu quisesse eu brincava.




Quando me toquei que estava se aproximando o dia das crianças me veio a ideia de fazer um especial do dia das crianças então pedi sugestões ao meu namorado sobre o que falar e ele me deu a ideia de relembrar todas as brincadeiras que fazia minha alegria na infância e compartilhar com vocês.

Sei que assim como eu tem muita gente que também sente falta da inocência que existia, de como era bom você sair e ficar brincando na rua até tarde, sem nada de celular, computador. Então vamos conferir algumas das brincadeiras que marcaram minha infância: 



Pique esconde:






Uma das minhas brincadeiras favoritas, ia sempre pra rua brincar. Ela era baseada em uma pessoa ficar contando com os olhos fechados até certo número enquanto o restante se escondia. Depois disso quem contou deveria sair procurando as pessoas escondidas, assim que ele achasse tinha que correr e bater no lugar do inicio da brincadeira, se a pessoa que estava escondendo batesse antes ela se salvava.


Rouba bandeira:




















Eu amava, adorava o perigo de poder ser pega na hora que fosse correr no outro campo. Nessa brincadeira eram divididos dois grupos, cada um escolhe um lado do campo e em suas extremidades é colocada uma bandeira. O jogo é baseado em cada grupo tentar roubar a bandeira do outro grupo, sem ser tocado por qualquer jogador adversário. Quem for tocado fica junto com a bandeira, até um companheiro o salve tocando-o. Vence quem pegar primeiro a bandeira ou ter a menor quantidade de crianças pegas.


Belisco:





Utilizando 9 pedrinhas ou saquinhos feitos com arroz ou areia ( na minha época não tinha saquinhos). Jogue todas as pedrinhas no chão e tire uma delas, depois com a mesma mão jogue para o alto e pegue uma das que ficaram no chão junto com a que já tinha pegado. Faça isso até pegar todas. Na segunda rodada ao invés de pegar uma por vez, pegue duas. Na terceira rodada você pega três ao mesmo tempo e na última rodada  você pega todas de uma única vez.


Policia e ladrão:





Essa brincadeira conheci na época que frequentei um projeto onde minha mãe trabalhava chamado "Espaço da alegria". Era dividido dois grupos: o da polícia e o dos ladrões. Quem ficasse no grupo dos ladrões deveriam correr e quem ficasse com a polícia deveria contar até dez e correr para pegar os outros participantes do outro grupo.


Elástico:




Para brincar é necessário três pessoas, mas pode substituir as outras duas por cadeiras pesadas (fiz muito isso). Utilizando um elástico com uns três metros aproximadamente de comprimento. Duas crianças colocam o elástico ao redor das pernas, o terceiro participante se posiciona ao lado do elástico e pula no meio, com uma ou duas pernas. Tinha vários movimentos para fazer e músicas para cantar enquanto pulava.


Pula sela:





Essa brincadeira era muito divertida. Funcionada da seguinte forma, uma criança era a sela e ficava agachada enquanto as outras pulavam sobre ele com as mãos sobre suas costas. Cada criança que pulasse tinha que se abaixar como a sela e a próxima pessoa teria que pular as duas e depois também se abaixar e assim por diante.


Cabra cega:



Sendo um pouco desastrada as vezes acabava me machucando, haha. No minimo, três pessoas. Um dos participantes deve ser a cabra-cega e terá seus olhos vendados com lenços. Durante a brincadeira todos devem tentar fugir, pois o objetivo da cabra-cega é achar alguém e tentar adivinhar quem é a pessoa. Enquanto a brincadeira acontece, os outros participantes ficam falando ou implicando com a cabra-cega para ela tentar localizar pela audição.


Queimada:



Na escola era uma das brincadeiras mais utilizadas na aula de E.F para todos participarem juntos, tanto meninas como meninos. É dividido o campo em duas partes iguais e em duas equipes, cada equipe deverá ter a mesma quantidade de crianças que a outra. O jogo consiste em quem estiver com a bola tentar queimar (acertar com a bola) qualquer um adversário sem ultrapassar a linha do meio que divide as duas equipes. Quando alguém é queimado essa pessoa vai para a linha de trás do campo adversário e quando a bola ultrapassa essa linha qualquer criança que estiver queimada pode queimar o adversário (sem ultrapassar a linha). Ganha a equipe que queimar todos os integrantes da equipe adversário.


Espero que tenham gostado, pois adorei reviver e relembrar minha infância citando essas brincadeiras, sinto falta dessa época. Como já disse essas são só algumas de vaaaarias brincadeiras que marcaram minha infância e fez dela inesquecível, pois eu como uma criança bem "animada" adorava brincar de tudo.
Super Beijo e Feliz dia das crianças!!     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

❤ Seu comentário é muito IMPORTANTE para o andamento do blog, deixe sua opinião, dica, elogio, critica (com fundamento) ou sugestão.
❤ Deixe o link do seu blog para visitarmos!
❤ Não ofenda nem desrespeite ninguém.
❤ Instagram @blogpausapc